Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Homenagem à Belita

Terá cabimento num Blog sobre a vila criativa de Baião uma homenagem como esta? Colocamos a questão, mas que vila criativa podíamos ter se perdêssemos todas as Belitas do concelho? Andava no 11 º ano, turma B e tinha apenas 16 anos. Faleceu após ter um acidente ocorrido na madrugada de um domingo em Baião. Esteve internada em estado grave na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente (UCIP) do hospital de Penafiel do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa. No mesmo acidente faleceu de imediato a irmã, também ex aluna da escola, de 23 anos de idade, mas o condutor da viatura, amigo das duas jovens, conduzindo alcoolizado, sofreu apenas ferimentos ligeiros e teve alta algumas horas após o acidente. O veículo saiu da estrada e voou mais de 50 metros – o rail serviu de rampa –, tendo capotado várias vezes ao embater no solo e acabado imobilizado num campo. Iam levar uma amiga a casa, após uma festa de anos. O acidente deu-se a poucos metros da casa onde viviam. Queria seguir desporto e tinha um ar de quem tinha sempre uma piada nova. Gostavas tanto de «furos» e nem imaginas o que o anúncio da tua morte cerebral provocou. Os professores carregavam os livros de ponto (pesavam chumbo nesse dia) mas só conversavam connosco, estavam visivelmente fragilizados. O psicólogo tentou consolar-nos, o Presidente do Conselho Directivo dirigiu-nos umas palavras… mas, toda a gente te chorava pela escola, quem te conhecia (e quem não te conhecia?) falava dos golos que marcavas, das tuas farras, a última vez que estivemos contigo... ficou uma grande tristeza mas também uma lembrança boa. Houve momentos perfeitos que passaram, mas não se perderam, porque ficaram em nossa vida; a lembrança deles faz-nos sentir maior a nossa solidão; mas que essa solidão ficou menos infeliz: que importa que uma estrela já esteja morta se ela ainda brilha no fundo de nossa noite e do nosso confuso sonho? Estás de certeza, com a tua inseparável irmã, a marcar muitos golos no ceú. Que importa as palavras de solidariedade com a tua família que perdeu as duas únicas filhas, não teriam peso nenhum em tanta dor, digamos apenas que a partilhamos. Um abraço, se o poderes receber, de toda a turma do 12º C.

 

publicado por gerbasio às 07:19

link do post | comentar | favorito
|

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.mais sobre o grupo

.posts recentes

. DANÇAS TRADICIONAIS

. DIA DAS MÃES

. O 1º DE MAIO

. COMEMOROU-SE O 25 DE ABRI...

. REFLECTIMOS SOBRE AS IDEI...

. REALIZOU-SE O DEBATE «VAL...

. DEBATE - VALORIZAÇÃO DO P...

. Futuro Parque Verde

. A Páscoa

. Um Festival da Juventude ...

. Homenagem à Belita

. APOSTA NA JUVENTUDE

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. A FUNDAÇÃO EÇA DE QUEIRÓS

. CONHECE O BOLO/BISCOITO D...

. CARNAVAL EM BAIÃO

. BAIÃO - VIDA NATURAL

. AS BENGALAS DE BAIÃO - UM...

. O QUE SE VAI FAZENDO NO N...

. TRADIÇÕES DE BAIÃO

. Músicas de Baião

. BAIÃO É JÁ UMA VILA CRIAT...

. A História e o Património...

.subscrever feeds